top of page
  • Agência Utopia Marketing

5 Erros Comuns no Design Gráfico


Designers gráficos têm que ser muito detalhistas e muitas vezes são obrigados a usar mais de um chapéu de cada vez. Isso pode levar a erros e descuidos simples. Aqui estão alguns erros comuns de design gráfico e como evitá-los.

Não saindo da caixa


“Pensar fora da caixa” é uma coisa, projetar fora dela é outra. Com muita frequência, os projetistas se restringem a quadros retangulares. Como resultado, seus layouts parecem planos, previsíveis e chatos.

Dada uma série de fotos para usar como ativos, muitos designers começam imediatamente a criar quadros retangulares ou quadrados para eles, em vez de serem criativos e encontrar maneiras diferentes de incorporá-las.

Há várias maneiras de ser criativo com seus layouts, incluindo o uso de caminhos de recorte para combinar fotos com tipografia e realmente torná-las parte do design, em vez de uma reflexão tardia ou inconveniente.

Os designers precisam se permitir a liberdade de serem criativos e, às vezes, isso significa sair do projeto. Afaste-se da mesa ou do cubículo e tire um momento para descobrir alguma inspiração do mundo real!


Verificação ortográfica e não prestar atenção aos detalhes



Ser detalhista é extremamente importante como designer, especialmente se você estiver lidando com trabalhos de impressão.

Se você cometer um erro em um site, geralmente não é uma catástrofe, pois as coisas podem ser corrigidas em tempo real. Mas uma vez que algo vai para imprimir, os erros são caros e geralmente não podem ser corrigidos.

Imagine o número de telefone da empresa errado em um outdoor ou em um anúncio nacional impresso, esse tipo de erro pode custar à empresa uma quantia considerável de dinheiro e provavelmente lhe custará o emprego.

Se você é uma empresa, esse tipo de erro pode levar a ações judiciais. Meça duas vezes, corte uma vez. Ao trabalhar em seus projetos, certifique-se de estar executando uma verificação ortográfica, peça a alguém que leia seu trabalho e verifique se há erros em potencial antes de enviar seus arquivos finais.

Conhecendo a ferramenta certa para o trabalho certo



Muitas vezes os designers se tornam excessivamente dependentes da ferramenta com a qual se sentem mais confortáveis, particularmente o Adobe Photoshop.

Embora o Photoshop seja uma das ferramentas mais poderosas disponíveis para os designers, nem sempre é a melhor ferramenta para o trabalho em questão.

Ao trabalhar em projetos com grande concentração em tipografia ou em projetos de design de logotipo, o Illustrator é uma ferramenta muito mais poderosa e versátil.

Alguns designers evitam usá-lo para design de logotipo, porque eles não se sentem à vontade com ele, apesar das vantagens que ele oferece.


Evitando modelos em favor da originalidade


Originalidade e criatividade são importantes, mas é igualmente importante lembrar a diferença entre “arte” e “design”. Se você fosse um artista, fazer um trabalho não original ou basear seu trabalho em algo mais é inaceitável, no design, é absolutamente necessário. Se você trabalha como designer gráfico interno, a maneira mais eficiente de trabalhar é se concentrar na produção e no processo.

Será muito raro que, como designer interno, você precise criar um trabalho de design inteligente. Normalmente você estará sobrecarregado com tarefas repetitivas em curto prazo.

Ao usar modelos, comprados ou criados por você, você pode economizar tempo e maximizar sua produtividade. Produtividade e versatilidade são as coisas em que os designers internos são classificados mais do que suas habilidades criativas.

Usar um modelo para fazer com que o trabalho seja entregue cedo, com tempo para revisões é melhor do que ser original e atrasado.

Não ser organizado


Um espaço de trabalho desordenado e falta de estrutura tendem a tornar muito difícil iniciar (e completar) os projetos. Quando os designers mantêm as coisas limpas e organizadas, acham mais fácil trabalhar.

Imagine não ter uma tela em branco e ser instruído a desenhar os rabiscos. Seria dolorosamente difícil ver onde seu trabalho começa e termina.

Mantenha sua área de trabalho limpa e organizada. Crie convenções de nomenclatura para seus arquivos e tente mantê-los organizados.

Rotule suas camadas adequadamente em programas como o Photoshop e o Illustrator para economizar tempo e adivinhar o trabalho para você ou para qualquer pessoa que precise abrir o arquivo posteriormente. Você verá que isso facilita muito o fluxo de trabalho do projeto e diminui o estresse no dia a dia.

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page